I'VE GOT TO FIND MY BABY!

Uma Carta de Elvis, Direto da Alemanha



Elvis, the Pelvis. The King. Estes são os dois termos mais conhecidos, entre muitos, quando se fala  de Elvis Presley. Era cantor, ator, filantropo, mas acima de tudo, um homem com emoções fortes, que se mostravam de maneira avassaladora tanto quando estava feliz quanto quando estava triste ou enraivecido.

Por ser um homem, Elvis tinha as mesmas mazelas que temos no dia a dia de nossas vidas. A que mais se mostrou durante sua carreira foi a tristeza, algo que era ignorado por muitos, até mesmo por fãs fiéis, porque o Rei do Rock se recusava a trazer sua vida pessoal para o palco - com exceção de alguns momentos em 1974.

Mas não era somente "uma reação psicológica mal administrada depois do divórcio". Sem que ninguém - ou poucos - soubessem, Elvis se sentia muito solitário já no início da carreira, principalmente depois da perda de sua mãe.

Em uma carta enviada da Alemanha em 1959 está a prova de que apesar de rodeado de pessoas, ele se sentia sozinho.

Abaixo segue a transcrição da carta, vista nas imagens dispostas aqui.



"Queridos Frances, Heidi, Gloria, Diane, Earl, Dottie, e o resto da gangue.
Bem, eu não sei o que me fez escrever uma carta, mas eu acho que é porque estou com muitas saudades de casa e sozinho. Só queria dizer a todos vocês que sinto falta e amo muito todos, e [que] estou contando as horas até que possa retornar e todos estaremos juntos novamente. Mal posso esperar para voltar a cantar e fazer filmes, e acima de tudo ver a velha gangue de novo.
Eu acho que sinto mais falta da mãe aqui do que qualquer coisa, porque só agora estou começando a perceber que ela nunca mais vai estar aqui. Me lembro daqueles poucos e maravilhosos dias em Fort Hood. Algum dia vamos todos olhar para trás e falar disso.
Digam a George, (Allen?), (Lewis?), Bobby e ao pequeno Billy que eu disse oi e que sinto muita falta deles. E também ao tio (Frank?) e [tia] Lorene, e a todos em Graceland, [digam] oi. Se virem tio Vester e tia Cleter, digam a eles que sinto falta deles. Digam a Patsy que eu a amo muito e para ser uma boa garotinha até que eu volte para casa.
Vou encerrar agora, só queria que vocês soubessem que estou pensando em vocês.
Todo meu amor ("amore") [para você] Frances. "Amo vocês, garotos". Elvis Presley.
 
Tenham um Feliz Natal, garotos. Queria estar com vocês, nós nos divertiriamos muito, mas talvez no próximo Natal. 
'Eri Viar Ditchi' (arrivederci). 
Citação de 'Hog Ears' - 'Eu mataria para ir para a Alemanha'."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário!

LEMBRE-SE: Não postaremos mensagens com qualquer tipo de ofensa e/ou palavrão.

Postagens populares