TRANSLATE THIS SITE / TRADUCIR ESTE SITIO

ATENÇÃO SEGUIDORES E VISITANTES

O site Elvis Presley Index está passando por algumas reformulações.
Durante esse processo, algumas páginas estarão indisponíveis em dados momentos.
Agradeço a compreensão desde já.

Att.,
Diego Mantese.

I'VE GOT TO FIND MY BABY!

Elvis, Louco Por Garotas: Girl Happy

GIRL HAPPY (EUA, 1964)

Título brasileiro: Louco Por Garotas
Gravação:
Agosto - setembro de 1964
Lançamento:
7 de abril de 1965
Duração:
96min
Produtora:
Metro-Goldwyn-Meyer
Orçamento:
US$ 1 milhão
Arrecadação:
US$ 3,3 milhões
Elenco principal:
Elvis Presley
Shelley Fabares
Harold Stone
Gary Crosby
Joby Baker
Nita Talbot
Trilha sonora:
"Do the Clam" (single)
[b/w "You'll Be Gone"]
(9 de fevereiro de 1965)
"Girl Happy" (LP)
(1 de março de 1965)
"Puppet On a String" (single)
[b/w "Wooden Heart"]
(26 de outubro de 1965)
"Girl Happy" (CD)
(FTD- Maio de 2003)
"Girl Happy" (CD - Remake)
(FTD - Novembro de 2009)



Girl Happy é o décimo sétimo filme de Elvis. Nele, Elvis e sua banda são impedidos de passar o Spring Break na badalada Fort Lauderdale, mas encontram a oportunidade perfeita quando o dono do clube onde trabalham precisa de alguém para vigiar sua filha durante as férias e livrá-la dos perigos dos avanços masculinos.

Novamente Elvis é posto em uma produção com praias, mulheres de biquíni, péssimo roteiro e músicas piores ainda. Além destes fatores, o Coronel e a MGM resolveram que o personagem de Elvis deveria ter uma banda com mais três componentes para atrair o mercado britânico, que na época vivia a Beatlemania.

Poster com Elvis e todas as garotas do filme

Devido a seu trabalho em outras produções e à gravação das trilhas sonoras, Elvis teve pouco tempo para filmar suas cenas. Assim, o cantor não foi capaz de ir até as locações e sempre que aparece em um hotel, praia ou cenário qualquer, ele na verdade filmou sua parte posteriormente, usando a técnica do chromakey.

A edição de som durante as cenas musicas foi a mais prejudicada. As canções foram todas aceleradas, deixando Elvis com uma voz mais fina e extremamente estranha. Além disso, foram usados trechos de outros filmes para preencher espaço entre cenas.

Poster do filme com Elvis e seu interesse amoroso, a atriz Shelley Fabares

Mas no todo, o filme não teve uma recepção ruim. A produção conseguiu arrecadar quase duas vezes e meia o seu orçamento e ainda ganhou um Laurel por ser o quarto melhor filme musical de 1965.


TRILHA SONORA

Gravada em 3 sessões no Radio Recorders, a trilha é composta de 11 canções. "Do the Clam" foi lançada como single em 9 de fevereiro de 1965, tendo "You'll Be Gone" - uma canção que não faz parte da trilha e foi escrita pelos membros da Máfia Red West e Charlie Hodge - como lado B.







O LP com toda a trilha, mais "You'll Be Gone" como extra, foi lançado em 1º de março de 1965, embora esta data seja disputada (alguns registros citam 26 de março). A canção de maior sucesso deste álbum foi "Puppet On a String", vendida em um single que trazia "Wooden Heart" no lado B em 26 de outubro de 1965.










_________________________________________________________________________________________________________________

AS SESSÕES

SHELLEY FABARES

Michelle Ann Marie Fabares nasceu em 19 de janeiro de 1944 em Santa MonicaCalifornia. Sobrinha da multitalentosa Nannette Fabray, ela começou a atuar aos 3 anos, tendo participado de sua primeira série de TV aos 10 anos.

Aos 14 anos Fabares emplacou sua personagem mais conhecida, Mary Stone, a filha mais velha de Donna Reed no sitcom "The Donna Reed Show" (1958-1966). Seu grande sucesso levou-a a um contrato musical que gerou dois discos e uma música no 1º lugar da parada pop de 1962.

De 1963 em diante, Shelley se dedicou mais ao cinema, tendo participado de três filmes ao lado de Elvis Presley ("Girl Happy" em 1965, "Spinout" em 1966 e "Clambake" em 1967). Nos anos 1970 e 1980 a atriz participou de diversas séries, como "A Ilha da Fantasia" (1977-1984), e interpretou a segunda personagem pela qual é mais conhecida na série "Coach" (1989-1997). Em 2000 a atriz passou por um transplante de fígado que salvou sua vida depois de ser diagnosticada com hepatite autoimune.

Shelley Fabares tem 73 anos, vive na California e continua atuando.



HAROLD STONE

Nascido em 1913, Stone começou sua carreira na Broadway em 1939. O ator participou de seis peças de sucesso até 1946, quando ganhou sua primeira oportunidade no cinema com "The Blue Dahlia". De 1948 a 1965, Stone fez papéis pequenos, mas memoráveis em séries e filmes como "The Hartmans" (1949), "The Harder They Fall" (1956), "O Homem Errado" (1956) - de Alfred Hitchcock , "Spartacus" (1960) e "Louco Por Garotas" (1965).

Da segunda metade dos anos 1960 até sua aposentadoria em 1986, Harold Stone participou de séries como "I Spy" (1965-1968), "Agente 86" (1965-1970), "Griff" (1973-1974) e "As Panteras" (1976-1981).

Em 1986 o ator se aposentou e foi morar na California com sua família. Stone morreu de causas naturais em 18 de novembro de 2005, aos 92 anos.


GARY CROSBY

Filho do cantor Bing Crosby, um dos mais ferrenhos críticos de Elvis, Gary nasceu em Los Angeles em 27 de junho de 1933. O ator e cantor nunca chegou a completar seus estudos e dedicou toda sua vida à música desde os anos 1940, quando formou com três de seus seis irmãos o grupo The Crosby Boys.

Em 1954 Gary ganhou seu próprio programa de TV sazonal, indo ao ar durante os verões enquanto o programa de seu pai estava em hiato entre temporadas. No final da década de 1950 o ator e cantor foi contratado da 20th Century Fox, onde seu maior sucesso está em "Amantes em Férias" (1959). Seu último filme no cinema foi exatamente "Louco Por Garotas" com Elvis.

Crosby participou de inúmeras séries nas próximas duas décadas, até a morte de seu pai em 1983. Neste ano ele escreveu "Going My Own Way", uma autobiografia onde revelou pela primeira vez sua luta contra o alcoolismo e alguns segredos de seus pais, como o abuso físico e emocional de seu pai sobre todos os filhos e esposa, e o alcoolismo da mãe em função disso.

Gary se aposentou em 1993 e foi morar em Burbank, onde morreu de câncer no pulmão em 24 de agosto de 1995, aos 62 anos.


JOBY BAKER

Nascido em Montreal, Quebec, Canadá, em 26 de março de 1934, Joby teve dificuldades em seus primeiros anos como ator e somente ganhou a oportunidade de atuar em 1958, em um sketch do "The George Burns and Gracie Allen Show".

Sua carreira girou em torno de pequenos papéis em séries nos anos 1960 e 1970, além de uma prolífica associação com o Walt Disney Studios da qual o maior sucesso se deu com "O Fantasma do Barba Negra" (1968). Joby havia conhecido Elvis através de sua esposa, a atriz Joan Blackman, e com isso conseguiu uma ponta em "Louco Por Garotas" (1965).

Os anos seguintes viram mais papéis secundários em séries e filmes, tendo seu único crédito como ator principal ocorrido na série de vida curta "Good Morning World" (1967 - 1968). O ator se aposentou em 1984 e atualmente, aos 83 anos, vive no Canadá.


NITA TALBOT

Anita Sokol nasceu em Nova York em 8 de agosto de 1930. Sua carreira cinematográfica começou em 1949, quando apareceu como uma modelo em "Mademoiselle Fifi". De seus filmes nos anos 1950 e 1960, "Louco Por Garotas" talvez seja o mais conhecido.

Suas maiores participações se deram na TV em séries famosas como "Perry Mason" (1957 - 1966), "Gunsmoke" (1955 - 1975), "Guerra, Sombra e Água Fresca" (1965 - 1971), "Kolchak e os Demônios da Noite" (1974 - 1975) e a novela "General Hospital" (1963 -). Seu último trabalho foi emprestar sua voz à personagem Anastasia Hardy na série animada "Homem-Aranha" em 1997.

A atriz ainda vive em Nova York e tem 87 anos.








_________________________________________________________________________________________________________________


Postagens populares

Creative Commons