TRANSLATE THIS SITE / TRADUCIR ESTE SITIO

ATENÇÃO SEGUIDORES E VISITANTES

O site Elvis Presley Index está passando por algumas reformulações.
Durante esse processo, algumas páginas estarão indisponíveis em dados momentos.
Agradeço a compreensão desde já.

Att.,
Diego Mantese.

I'VE GOT TO FIND MY BABY!

Derrapando na Pista: Speedway

SPEEDWAY (EUA, 1968)

Título brasileiro: O Bacana do Volante
Gravação:
Junho de 1967
Lançamento:
12 de junho de 1968
Duração:
94min
Produtora:
Metro-Goldwyn-Mayer
Orçamento:
US$ 3 milhões
Arrecadação:
US$ 2 milhões
Elenco principal:
Elvis Presley
Nancy Sinatra
Bill Bixby
Gale Gordon
Trilha sonora:
"Speedway" (LP)
(1 de maio de 1968)
"Let Yourself Go" (single)
[b/w "Your Time Hasn't Come Yet Baby"]
(21 de maio de 1968)
"Speedway" (CD)
(FTD - Junho de 2016)










Speedway é o vigésimo sétimo filme de Elvis. Nele, Steve Grayson é um piloto da NASCAR que se vê na mira do Imposto de Renda quando seu agente frauda ações para pagar suas jogatinas e precisa ganhar uma corrida decisiva para que sua vida e de seus amigos não afunde. O roteiro é ligeiramente baseado no vício em jogatinas do próprio agente de Elvis, o Coronel Parker.



Depois do colapso durante as gravações de "O Barco do Amor" (1967), Elvis mais uma vez se vê obrigado a atuar em um filme que não lhe agradava. A trilha sonora era novamente composta de canções bobas e sem sentido, além de serem apoiadas por um roteiro infantil e repetitivo que o colocava pela terceira vez como um piloto de corridas que precisa vencer para salvar o dia e ganhar o coração da mocinha.



No elenco, Bill Bixby retorna como coadjuvante de Elvis depois de sua participação em "O Barco do Amor". O interesse amoroso do personagem do Rei do Rock é interpretado por Nancy Sinatra. Assim como o pai, Frank Sinatra, Nancy era cantora e atriz, e na época estava nas paradas de sucesso com "Somethin' Stupid", um dueto com Frank. De resto, o elenco era composto por nomes pouco conhecidos ao cinema mundial.



Gravado entre 26 de junho e 12 de julho de 1967, um mês antes de "Joe É Muito Vivo", o filme foi lançado em 12 de junho de 1968 (três meses após "O Joe...") e foi um fracasso de bilheteria, arrecadando somente US$ 2 milhões, um milhão a menos do que seu orçamento.


TRILHA SONORA

"Speedway" marca o último filme de Elvis a receber um LP da trilha sonora. Gravado em junho de 1967 em Hollywood, Califórnia, apresenta 8 canções ouvidas no filme, além de "Suppose", a única música que Elvis gostou de gravar, que acabou ficando de fora da produção. Para fechar o tempo mínimo de um LP, a RCA inseriu canções gravadas em sessões distintas entre 1963 ("Western Union"), 1967 ("Mine") e início de 1968 ("Goin' Home"). "There Ain't Nothing Like a Song", canção rejeitada para a trilha de "Spinout" (1966), aparece aqui como um dueto entre Elvis e Nancy Sinatra.

Pouco depois do lançamento do LP, que se deu em 1º de maio de 1968, a RCA vendeu o single "Let Yourself Go" (com "Your Time Hasn't Come Yet Baby" no lado B) na esperança de aumentar as vendas do disco oficial. A tática não funcionou, pois o single ficou na 72º posição nas paradas e o LP da trilha, na 40ª.









________________________________________________________________________________________________________________

ESTRELAS COADJUVANTES

NANCY SINATRA

Filha de Frank Sinatra, Nancy nasceu em New Jersey em 8 de junho de 1940 e fez sua estréia em 1960 no especial de televisão de seu pai, The Frank Sinatra Timex Show: Welcome Home Elvis, que comemorava o retorno de Elvis aos EUA. Assinou contrato com a Reprise Records em 1961 e passou despercebida até 1966, quando Lee Hazlewood a colocou definitivamente no mercado com "These Boots Are For Walkin'", que recebeu três indicações ao Grammy, vendeu mais de um milhão de cópias, e foi premiado com um disco de Ouro.

Não demorou muito para Hollywood se interessar, mas ela só foi vista em 8 produções, a última sendo "O Bacana do Volante" com Elvis.  Em meados da década de 1970, ela diminuiu sua atividade para se concentrar em ser esposa e mãe. Em 1995, aos 54 anos, posou para a Playboy e causou controvérsia, com muitas pessoas afirmando que Frank não estava contente.

Em 2004, colaborou com o cantor Morrissey para gravar uma versão de sua música "Let Me Kiss You", fornecendo seu primeiro hit em mais de 30 anos. Entre 2006 e 2013, Nancy lançou uma série de discos com versões raras de músicas mundialmente conhecidas, retiradas de seu próprio cofre de gravações. A cantora vive atualmente nos Estados Unidos e tem 78 anos.


GALE GORDON

Nascido Charles Thomas Aldrich, Jr. em 2 de fevereiro de 1906, em Nova York, seus pais eram do Vaudeville e se apresentavam em alguns programas de rádio, o que deu sua primeira oportunidade artística em tenra idade. Ele foi o primeiro ator a interpretar Flash Gordon na série de rádio de 1935 até 1942, quando passou a interpretar papéis secundários e mesmo principais na TV e no cinema.

Em 1951, Gordon e Lucille Ball estrelaram uma peça que se tornou um esboço para a série "I Love Lucy" (1951-1974). O ator, substituído no papel principal por Desi Arnaz, marido de Lucy, viveu um personagem recorrente na série até seu encerramento em 1974. Em 1968, após o fechamento do Desilu Studios e com incertezas, Gordon coadjuvou em "O Bacana do Volante".

Durante as décadas seguintes, até 1991, o ator só fez aparições em séries e se dedicou à carreira de escritor, começada em 1940, e de proprietário de terras, sendo dono de 150 acres em Borrego Springs, onde construiu sozinho grande parte de sua casa, estúdio de arte e mobília. Gordon morreu de câncer de pulmão em 30 de junho de 1995, aos 89 anos de idade. Virginia Curley, sua esposa por quase 60 anos, havia morrido na mesma instalação cerca de um mês antes.

_________________________________________________________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário!

LEMBRE-SE: Não postaremos mensagens com qualquer tipo de ofensa e/ou palavrão.

Postagens populares

Creative Commons