TRANSLATE THIS SITE / TRADUCIR ESTE SITIO

ATENÇÃO SEGUIDORES E VISITANTES

O site Elvis Presley Index está passando por algumas reformulações.
Durante esse processo, algumas páginas estarão indisponíveis em dados momentos.
Agradeço a compreensão desde já.

Att.,
Diego Mantese.

I'VE GOT TO FIND MY BABY!

JUMPSUIT: Black Leather Suit

Nome:
Black Leather (couro preto)
Composição:
Jaqueta de couro preto
Calça de couro preto
Cinto de couro preto
Botas de couro preto
Usado em:
20 a 30 de junho de 1968
Número de shows:
4
Valor de confecção:
US$ 250,00
História:
Ainda não é exatamente um jumpsuit, mas originou a ideia de ter uma roupa que caracterizasse Elvis em suas apresentações e é um dos trajes mais lembrados pelos fãs. Esta é a primeira contribuição do designer Bill Belew, que se tornaria o criador oficial das jumpsuits de Elvis até 1977, para com o Rei do Rock.





Depois do famoso Gold Lame Suit de 1957, Elvis não usou nenhum outro traje icônico por mais de dez anos. Tirando a farda de sua "estadia" no exército de março de 1958 a março de 1960, o cantor raramente usou algum traje em seus filmes que diferisse de camisas polo ou havaianas, bermudas ou calças leves. Para seu retorno ao mundo da música e para que o público o aceitasse novamente em tempos de tantas mudanças musicais e culturais, Elvis também precisava mudar seu visual e conteúdo.

Foi Bill Belew que deu a ideia final para o hoje famoso traje de couro. Para ele, Elvis precisava representar o novo patamar do rock e, para isso, nada melhor do que colocá-lo em cena em um traje que refletia a época e seus traumas sociais - as passeatas, os confrontos, os assassinatos de Martin Luther King, Jr. e Robert Kennedy. Contrários ao sentimento de Parker, que ainda queria um Elvis clássico que cantasse somente hits de Natal durante uma hora, o diretor do programa Steve Binder e a cantora e atriz Darlene Love viam nessa mudança de ares algo imprescindível.

Quando Elvis adentrou o pequeno palco do estúdio 4 da NBC às seis da tarde de 27 de junho de 1968 para seu primeiro show em frente a uma plateia em sete anos, o mundo parou em êxtase. "Não havia como definir o momento senão compará-lo a um deus enquanto ele andava pelo palco em seu traje preto", Binder diria mais tarde.

 O icônico traje foi idealizado depois que Belew observou que todos os jovens da época usavam calças e jaquetas jeans azuis e pensou: "Por que não fazer a mesma coisa em couro preto?". O visual funcionou muito bem, mas Elvis sofreu. A roupa, quando fechada, era extremamente quente e fazia com que ele suasse muito -  fato que é visível ao assistirmos o especial e até é comentado pelo cantor em vários momentos. Mas se o Rei se sentia quente, as fãs é que não hesitariam em lhe pedir de forma nada velada que tirasse tudo - para o desespero da conhecida timidez de Elvis.




FOTOS DA JUMPSUIT
























VÍDEOS COM A JUMPSUIT











Postagens populares

Creative Commons